Início do conteúdo
Editais/Chamamentos Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – 10ª edição

Editais/Chamamentos

Publicado em 8 de setembro de 2021

Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – 10ª edição

Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – 10ª edição

– SEGUNDA ETAPA – AVALIAÇÃO –
RESULTADO PRELIMINAR PUBLICADO

A Fundação Nacional de Artes – Funarte divulgou, no dia 26 de novembro de 2021, o resultado preliminar da segunda fase – a Avaliação – do Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – 10ª edição, com a relação dos projetos avaliados, com suas respectivas notas.

Acesse aqui o resultado preliminar da Etapa 2

A avaliação foi realizada pela Comissão de seleção do concurso – como estabelecido no edital. Não foram classificados oito projetos como previsto, mas sim apenas quatro. Isso ocorreu porque demais propostas obtiveram pontuação inferior a 30 pontos, sendo, portanto, desclassificadas – de acordo com o estabelecido no item 10.5 da regra do concurso. Os critérios gerais de avaliação estão expostos no item 10.1 do regulamento. Para mais informações sobre a Avaliação, consulte a nota técnica cujo link está abaixo.

De acordo com o item 10.7 do edital, os proponentes não classificados poderão interpor recursos à Comissão de Seleção, no período de cinco dias úteis após a data da divulgação desse resultado – ou seja, de 29 de novembro a 3 de dezembro de 2021. Tais pedidos devem ser enviados exclusivamente por meio do formulário específico disponível abaixo, para o e-mail: pmvilacarecurso2@funarte.gov.br.

Acesse aqui o anexo – Formulário para Recurso – segunda etapa.

Acesse aqui a nota técnica sobre o resultado da segunda etapa.

Para mais informações, consulte o edital aqui.

Para tirar dúvidas, envie e-mail para: pmvilaca2021@funarte.gov.br .


– PRIMEIRA ETAPA –  HABILITAÇÃO –
RESULTADO PUBLICADO

A Fundação Nacional de Artes – Funarte divulgou, no dia 18 de novembro de 2021, o resultado da fase de Habilitação a primeira do processo seletivo do Edital Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça 10ª edição.

Acesse, no link abaixo, a lista de projetos habilitados após a análise dos recursos pela Comissão de Habilitação:

Resultado de habilitação

Esta etapa do edital é eliminatória. Mais informações sobre ela encontram-se no documento, no qual também está descrita a próxima etapa do processo seletivo. Recomenda-se a leitura atenta do edital.

Acesse o edital aqui

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: pmvilaca2021@funarte.gov.br

RESULTADO PRELIMINAR DA PRIMEIRA ETAPA PUBLICADO

A Fundação Nacional de Artes – Funarte divulgou, no dia 4 de novembro de 2021, o resultado preliminar da primeira fase –  Habilitação – do Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – 10ª edição, com a “Relação dos projetos habilitados e inabilitados. Foram também publicados a portaria que designou a Comissão de Habilitação e o formulário para recursos dessa primeira etapa.

Os proponentes não habilitados poderão interpor recurso à Comissão de Habilitação, no período de 5 a 11 de novembro de 2021, por meio do formulário específico abaixo, a ser enviado para o e-mail: pmvilacarecurso1@funarte.gov.br.

Anexo I – Formulário para Recurso – Primeira Etapa

Não serão aceitos documentos não enviados no momento da inscrição.

Acesse aqui a portaria que designa a Comissão de Habilitação

Para mais informações, consulte o edital aqui.

Para tirar dúvidas, envie e-mail para: pmvilaca2021@funarte.gov.br


NOTA – 22/10/2021

O Anexo III do edital, disponibilizado nesta página, foi atualizado no dia 22 de outubro de 2021, por solicitação do Centro de Artes Visuais da Funarte.


INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 25 DE OUTUBRO DE 2021

Estão abertas, até o dia 25 de outubro de 2021, as inscrições, gratuitas, para a 10ª edição do Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça. A Fundação Nacional de Artes – Funarte publicou no Diário Oficial da União, na quarta-feira, dia 8 de setembro, portaria que autoriza o edital – válido em todo o Brasil. Pela primeira vez, o processo seletivo será exclusivamente direcionado a formas de arte produzidas por meio digital – tais como: arte sonora, escultura, arte cibernética, bioarte, “net-art”, “glitch-art”, arte imersiva (AR, VR e MR), “pixel art” (arte pixel) e “game-art” – arte para jogos (no caso, eletrônicos) –, além de poesia, entre outras expressões.

O concurso tem como objetivo fortalecer acervos de patrimônios de arte e sua exibição pública, por meio de exposições virtuais. Além disso, visa a estimular a produção artística digital, a reflexão sobre as artes visuais; e a difusão de suas várias formas de expressão artística.

Serão contempladas oito iniciativas. Cada uma delas receberá R$ 15 mil, o que soma R$ 120 mil em prêmios, de um total investido de R$ 150 mil – sendo R$ 30 mil para custos administrativos.

Os projetos habilitados serão avaliados por uma comissão de seleção, composta por cinco membros “especialistas de conhecimento comprovado e notoriedade” na área de artes visuais – informa o edital.

ATENÇÃO: As inscrições devem ser realizadas exclusivamente por meio de formulário específico, disponível no link abaixo e conter os anexos descritos no edital. O material deve ser enviado para o e-mail: pmvilaca2021@funarte.gov.br.

Todas as informações referentes à 10ª edição do Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça podem ser consultadas no edital – em link abaixo.

Acesse aqui o edital

Acesse aqui o formulário de inscrição

Acesse os anexos ao edital em link específico, nesta página

 

Sobre Marcantonio Vilaça

Personalidade atuante nas artes visuais, nas décadas de 1980 e 1990, e advogado por formação, Marcantonio Vilaça dirigiu a revista de arte Galeria; fundou, com sua irmã, a galeria Pasárgada Arte Contemporânea, provocando um movimento renovador em sua cidade natal, Recife (PE); e inaugurou com Karla Ferraz de Camargo a galeria Camargo Vilaça, em São Paulo (SP), considerada a mais importante referência para a arte brasileira nos anos 1990.

Por sua atuação, Marcantonio Vilaça projetou a arte contemporânea brasileira internacionalmente, fazendo com que artistas desse segmento passassem a frequentar bienais e feiras no exterior. Galerias fundadas por ele reuniram obras, catálogos e livros importantes. Graças a essas instituições, muitos nomes de artistas brasileiros entraram em acervos de grandes museus e coleções particulares. Vilaça também investiu, ao expor artistas estrangeiros no país, numa tentativa de divulgar para o público brasileiro a produção contemporânea mundial.

Faleceu aos 37 anos, no dia 1º de janeiro de 2000. Foi homenageado com a criação de duas iniciativas de incentivo à produção artística com o seu nome, regulamentadas por lei federal: Além do concurso da Funarte, há o Prêmio Indústria Nacional Marcantonio Vilaça, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Links de acesso aos demais documentos relacionados ao edital estão publicados nesta página.

Mais informações: pmvilaca2021@funarte.gov.br

Com informações do Centro de Artes Visuais da Funarte
e de
Dat journal: design, art and technology – Ano 1 – Vol.01 – nº 1 (2016)